A utilização de materiais de enriquecimento ambiental na suinocultura é promissora. O intuito de sua disponibilização é satisfazer as necessidades comportamentais dos suínos, promovendo a exploração e manipulação dos recursos ambientais, podendo também diminuir a ocorrência de brigas. A legislação europeia determina que os suínos, em qualquer fase de suas vidas, tenham acesso a materiais de enriquecimento. Segundo as recomendações da União Europeia, os materiais de enriquecimento ofertados devem suprir as necessidades dos suínos sem prejudicar sua saúde. Para isso, é desejável que esses materiais apresentem as seguintes características:

TABELA 1: CARACTERÍSTICAS DOS MATERIAIS DE ENRIQUECIMENTO AMBIENTAL
CARACTERÍSTICAS COMO ESTES MATERIAIS DEVEM SER
Comestíveis Com benefícios nutricionais
Mastigáveis Que o suíno possa mordê-lo
Investigáveis Que o suíno possa investigá-lo
Manipuláveis Que o suíno possa alterar sua estrutura e posição

Além de possuir essas características, devem ser fornecidos em quantidade suficiente para atender todos os animais, ser mantidos limpos e estar acessíveis para a manipulação oral. De forma geral, o enriquecimento a ser fornecido pode ser de duas formas: substrato orgânico disponibilizado no chão; e objetos localizados em determinados pontos dentro da baia. Ainda de acordo com as diretrizes apresentadas pela União Europeia, esses materiais podem ser classificados em três categorias:

tabela-2-1

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Se o enriquecimento for fornecido na forma de objetos dentro da baia é recomendado utilizar mais de um tipo de objeto e realoca-los regularmente a fim de que os animais mantenham o interesse pelo material.

O enriquecimento ambiental é um dos itens importantes para propiciar condições para que os suínos apresentem um bom bem-estar animal. Alguns dos possíveis benefícios com a aplicação destes recursos são a redução do canibalismo e dos comportamentos agressivos.

Embora existam empresas que comercializem objetos específicos para o propósito, os produtores podem fazer uso da criatividade e elaborar alternativas com a utilização de materiais disponíveis na região.

Autores: Luciana Foppa, Carlos Pierozan e Cleandro Pazinato Dias